O cuidado está no nosso DNA

RESULTADOS DE EXAMES

EXAMES E SERVIÇOS

UNIDADES





Exames

Confira a lista de exames que o laboratório Bom Pastor oferece para você.
Clique sobre o nome exame e veja as especificidades e instruções para realizar a coleta.



Nome:
TESTE DE TOLERÂNCIA ORAL À GLICOSE

Palavra-chave:
TESTE DE TOLERANCIA ORAL A GLICOSE

Material:
Soro

Instruções:
JEJUM OBRIGATÓRIO DE 8 HORAS.
INSTRUÇÕES GERAIS:
- O paciente deve fazer dieta sem restrições, com um mínimo de 150g de carboidratos, nos 3 dias que antecedem ao teste, sendo indicada atividade física normal nesse período.
- Durante o exame (2 horas) é necessário que o paciente permaneça no laboratório em jejum e nao fume.
ALÉM DAS COLETAS DE SANGUE É NECESSÁRIO PARA A REALIZAÇÃO DO EXAME:
- Amostra de urina recente jato médio da 1a urina da manhã ou apos 4 horas de retenção urinária.
INSTRUÇÕES COLETA URINA:
MULHERES:
- Fazer higiene rigorosa dos genitais externos(grandes e pequenos lábios vulvares e região peri-anal) com água e sabonete. Após lavar bem com água para retirar resíduos de sabão. Afastar os grandes lábios vulvares, após a saída do primeiro jato de urina, colher o jato médio no copo plástico, transferir imediatamente para o(s) tubo(s), desprezar o copo. Conservar os tubos no refrigerador até a hora de levar ao laboratório. Se menstruada, solicitar orientação especial do laboratório, para evitar a contaminação com sangue.
HOMENS:
- Lavar bem os genitais externos com água e sabonete e após lavar abundantemente com água para retirar o resíduo de sabonete. Colher a urina desprezando o primeiro jato urinário (urinando fora do copo o primeiro jato) e em seguida urinar no copo plástico, tranferir imediatamente a urina para o(s) tubo(s), desprezar o copo. Conservar na geladeira e trazer tão logo, seja possível, ao laboratório.

Comentário:
O Diabetes Mellitus Gestacional (DMG) é definido como intolerância a glicose, com grau variável de intensidade, que aparece ou é diagnosticado pela primeira vez na gravidez. Os principais fatores de risco para o seu desenvolvimento incluem história familiar de diabetes, história de morte fetal ou neonatal, gravidez prévia com feto macrossomico, história de DMG prévio, abortos de repetição, malformações congênitas fetais, hipertensão ou DHEG, obesidade ou ganho excessivo de peso na gravidez atual e idade superior a 25 anos. A importância do seu diagnóstico está relacionada aos comprovados efeitos deleterios da hiperglicemia sobre o binomio materno-fetal, como polidramnio, parto prematuro, infecções do trato urinário, mortalidade materna aumentada, macrossomia fetal, malformações congênitas, abortos espontâneos, óbito fetal intra-uterino, asfixia perinatal, policitemia, hipoglicemia e ictericia neonatais, dentre outros. Não existe um consenso único sobre o melhor método de rastrear e diagnosticar DMG.


Entre em contato e agende seu exame


Entre em contato e agende seu exame




NEWSLETTER

Cadastre seu e-mail para receber novidades e informações em sua caixa de entrada.

INSTITUCIONAL SERVIÇOS CONTATO

Laboratório Bom Pastor

Todos os direitos reservados - 2018