O cuidado está no nosso DNA


Exames

Confira a lista de exames que o laboratório Bom Partor oferece para você.
Clique sobre o nome exame e veja as especificidades e instruções para realizar a coleta.


Nome:
COPROCULTURA

Palavra-chave:
Cultura de fezes
Cultura de fezes com antibiograma
Cultura para enteropatógenos

Material:
Fezes

Instruções:
- A amostra de fezes deve ser colhida, sempre que possível, no ínicio da doença diarréica e antes da antibioticoterapia (Uso de antibióticos).
- O paciente deverá evacuar em recipiente limpo e seco e então transferir uma porção de fezes (2 a 3 g - 1 colher de sobremesa), de preferência com a presença de muco/pus/sangue, para o frasco de boca larga fornecido pelo laboratório.
- Deve-se evitar a obtenção de fezes a partir de fraldas, papel higiênico e vaso sanitário. OBS: A coleta diretamente nas fraldas pode ser feita se for somente fezes, não pode ter urina junto, porque a urina interfere no resultado.
- Se a amostra de fezes em crianças for muito líquida, que penetra nas fraldas, impedindo a coleta, a criança deverá ser encaminhada ao laboratório para uma coleta com swab retal. A coleta deverá ser realizada imediatamente após a evacuação, portanto o melhor é trazer a criança ao laboratório e aguardar que ela evacue para logo após ser realizado a coleta.
- Não é necessário jejum.
- Não utilizar laxantes para a coleta

A AMOSTRA DE FEZES DEVE SER ENCAMINHADA AO LABORATÓRIO EM ATÉ 1 HORA APÓS A COLETA (tendo tolerância de até 2 horas),
EM TEMPERATURA AMBIENTE. A AMOSTRA NÃO PODE SER COLOCADA NA GELADEIRA.

SERÃO REJEITADAS AMOSTRAS QUE:
- Foram colhidas a mais de 2 horas.
- Foram refrigeradas (que foram colocadas na geladeira)
- Foram obtidas da mistura de amostras colhidas no mesmo dia. A coleta deverá ser de uma única evacuação.
- Estiverem em estado líquido (no caso de coletas em fraldas).
- Que foram contaminadas com urina.

Comentário:
Definir a etiologia das infecções intestinais de origem bacteriana.


Entre em contato e agende seu exame