O cuidado está no nosso DNA


Exames

Confira a lista de exames que o laboratório Bom Partor oferece para você.
Clique sobre o nome exame e veja as especificidades e instruções para realizar a coleta.


Nome:
DENGUE, PCR E TIPAGEM

Palavra-chave:
DENGUE, PCR E TIPAGEM

Material:
Soro

Instruções:
- Este exame deverá ser realizado preferencialmente nos primeiros 5 dias de evolução dos
sintomas clínicos.
- Após este período, devido à diminuição da viremia, pode ocorrer a não detecção de cópias
virais, impossibilitando a tipagem do vírus.

Comentário:
O vírus dengue é classificado como um arbovírus mantendo-se na natureza pela multiplicação em mosquitos hematófagos do gênero Aedes. Pertence a família Flaviviridae, existem quatro sorotipos: DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4. Eles são antigenicamente diferentes e não induzem proteção imunológica cruzada, mas podem causar tanto a forma clássica da doença quanto formas mais graves, comum na reinfecção. Atualmente, os quatro sorotipos encontram-se presentes em todos os estados brasileiros, contribuindo para incidência das formas graves da doença. A confirmação do diagnóstico de dengue pode ser realizado através de exames sorológicos ( pesquisa de IgM e IgG), detecção e tipagem do vírus da dengue através da Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real (RT-PCR). O ensaio da RT-PCR amplifica quatro regiões específicas para o sorotipo: dengue 1 (gene NS5), dengue 2 (gene NS3), dengue 3 (gene NS5) e dengue 4 (gene do capsídeo)e utiliza primers especificos fluorescentes bifuncionais. Todo o processo é monitorado por um controle interno de RNA. Uma das vantagens da RT-PCR é a detecção e sorotipagem precoce do vírus, antes mesmo da soroconversão.


Entre em contato e agende seu exame